Passar para o Conteúdo Principal
Hoje
Máx C
Mín C
siga-nos

Município de Odemira celebra novo protocolo para ensino articulado de música no concelho

Estagio da escola de artes do alentejo litoral em odemira  2019 noticia 1 1024 2500

O Município de Odemira celebrou um novo protocolo com a Associação Pró Artes de Sines para garantir a continuidade da formação musical e a possibilidade do alargamento a mais escolas do concelho de Odemira, através do Ensino Articulado da Música e demais atividades pedagógicas e culturais associadas, dinamizadas pela Escola de Artes do Alentejo Litoral, tendo em conta a relevância da componente musical na formação integral do aluno e no âmbito da estratégia Municipal ODETE-Odemira Território Educativo.


O Município de Odemira assume o pagamento à Associação Pró Artes de Sines, durante o período letivo de 2020/ 2021, o valor de 5000,00€ para aquisição de instrumentos e o valor de 35.000,00€ para apoiar o desenvolvimento das actividades pedagógicas e culturais. A novidade deste segundo protocolo prende-se com a comparticipação do valor de 1.000,00€ por aluno do Ensino Secundário que frequente o Ensino Articulado da Música em Regime Supletivo (correspondendo a 2/3 de comparticipação do valor total anual), custo que, em anos letivos anteriores, recaía exclusivamente sobre as famílias, orçando os 150,00€ mensais. O presente protocolo vigorará por um ano letivo, sendo prorrogado automaticamente se as duas entidades pretenderem suspender os termos do acordo.

O Município de Odemira assume ainda os compromissos de articular com a Escola de Artes do Alentejo Litoral e os Agrupamentos de Escolas ou Escolas Não agrupadas do concelho que se disponibilizem à implementação, em cada ano lectivo, do Curso Básico/Secundário de Música em Regime Articulado ou Supletivo, proporcionar condições e meios que permitam aos alunos terem acesso a instrumento próprio, garantir o transporte dos alunos para a realização de Classes de Orquestra no âmbito do projeto Orquestra Juvenil do Alentejo Litoral, garantir instalações para a realização dos ensaios da Orquestra Juvenil do Litoral Alentejano em Odemira, participar e dar apoio logístico aos espetáculos realizados pela Orquestra Juvenil e às audições dos alunos do concelho.

São obrigações da Associação Pró-Artes de Sines assegurar a implementação do Ensino Articulado da Música nas escolas aderentes, cumprir os Planos de Estudo definidos em normativos que regem esta formação artística e em articulação com as Escolas aderentes, suportar os custos inerentes ao Ensino Articulado da Música, assegurar aos alunos a qualidade de ensino e a certificação final, dinamizar experiências pedagógicas complementares à prática lectiva, gerir a Orquestra Juvenil do Alentejo Litoral e realizar no mínimo três audições anuais com os alunos em Odemira, entre outras obrigações.

A implementação do Ensino Articulado da Música teve início no ano lectivo de 2009/2010, nas escolas do 2º e 3º Ciclo Damião de Odemira e Brito Pais (Colos), através de protocolo com a Associação Pró-Artes de Sines, com avaliação muito positiva da parte de escolas, alunos e famílias. Este protocolo previa a duração de cinco anos letivos, prorrogável até ao limite de dez anos. O Município entendeu ser fundamental dar seguimento ao Ensino Articulado da Música no concelho, considerando que um dos principais objectivos que a Câmara Municipal de Odemira prossegue é o desenvolvimento económico e social no concelho e que a dimensão musical é fundamental para a formação integral das crianças e jovens, favorecendo o desempenho académico e o desenvolvimento de competências sociais e humanistas, e que a promoção da Educação Artística é um dos pilares da estratégia municipal ODETE - Odemira Território Educativo.

18 Março 2021