Passar para o Conteúdo Principal
Hoje
Máx C
Mín C
siga-nos

Jornadas Escolares mobilizam alunos para dia de aventura em Odemira

Cmo 5207 1 1024 2500

Cerca de 300 alunos dos vários agrupamentos de escolas do concelho participaram nas Jornadas Escolares de Odemira, no dia 13 de maio. Foi um dia de atividades dedicadas à cultura e património, participação cívica, desporto e promoção ambiental, promovido pelo Município de Odemira, no âmbito do programa ODETE – Odemira Território Educativo.

Ao longo do dia, o Município apresentou diversos desafios e atividades em diferentes espaços da vila de Odemira, dirigidas aos vários níveis de ensino, desde o ensino pré-escolar ao ensino secundário e profissional.


Para um contacto com a gestão autárquica e com a Democracia houve visitas ao edifício dos Paços do Concelho, onde os alunos foram recebidos pelo Presidente da Câmara Municipal de Odemira, Hélder Guerreiro, e pela vereadora responsável pela Educação, Isabel Palma Raposo. Os alunos visitaram também a exposição “Testemunhos de Abril”. No desporto, os alunos foram convidados para as Piscinas e Estádio Municipal, onde o andebol foi a modalidade explorada, bem como a canoagem no rio Mira. Na componente cultural, foram visitados o Moinho de Vento, a Igreja da Misericórdia e os Marcos da Barca na zona ribeirinha. Para os mais novos houve uma Hora do Conto e visita à Biblioteca Municipal José Saramago. No Jardim da Fonte Férrea, os alunos foram convidados a plantar árvores, experimentar jogos tradicionais e muitas brincadeiras. No Jardim Sousa Prado houve música com Dj e pintura de mural.

Com o objectivo de partilhar conhecimento e estimular o interesse pela leitura, o Município de Odemira ofereceu aos alunos participantes nas Jornadas Escolares um conjunto de obras literárias e sobre o concelho de Odemira.

Enquanto membro da Rede Territorial Portuguesa das Cidades Educadoras, o Município de Odemira procura proporcionar experiências de ensino fora do contexto escolar, no sentido de inspirar a identidade cultural e sentimento de pertença ao território. As cidades educadoras trabalham para que a Educação seja um eixo transversal de todas as políticas locais, assente no princípio que a Educação transcende as paredes da escola.

13 Maio 2022