Passar para o Conteúdo Principal
Hoje
Máx C
Mín C
siga-nos

Encontro Internacional do Festival 7 Sóis 7 Luas em Odemira

Dsc 1455 1 1024 2500
16 Maio 2022

O 19º Encontro Internacional do Festival 7 Sóis 7 Luas decorreu em Odemira, nos dias 13, 14 e 15 de maio, com a participação de 20 delegações de 10 países do mundo mediterrânico e lusófono, com o objetivo de promover a reflexão, partilha de ideias, propostas e desafios para esta rede cultural.

Os cerca de 40 representantes de diferentes vilas e cidades de Portugal, França, Espanha, Itália, Croácia, Luxemburgo, Cabo Verde, Marrocos, Tunísia e Brasil foram recebidos pelo Presidente da Câmara Municipal e vereadores num momento especial na Casa da Amália, com um momento musical pela fadista Joana Luz, acompanhada na guitarra portuguesa por Mariana Martins, ambas artistas odemirenses.

A receção oficial do Município de Odemira aconteceu no Quintal da Música, com a presença da Presidente da Assembleia Municipal, Ana Aleixo, e do Presidente da Câmara Municipal, Hélder Guerreiro, que se mostrou orgulhoso por Odemira integrar a Rede 7 Sóis 7 Luas desde 1994 e receber, desde então, a cultura de outros territórios, mantendo uma parceria forte e que se pretende continuar. Marco Abbondanza, Diretor do Festival, agradeceu o empenho do Município e agradeceu àqueles que continuam a apoiar o festival do diálogo e da diversidade cultural, onde os músicos e os artistas são os embaixadores dos seus países.

Durante a manhã houve ainda uma visita pela vila, com passagem pelo Moinho de Vento, Igreja da Misericórdia, atelier de tecelagem de Helena Loermans, espaço CRIAR e exposição “Testemunhos de Abril” e Zona Ribeirinha.

A tarde foi reservada para uma reunião de trabalho, no Craveiral Farmhouse by Belong Stayling & Feeling, para um momento de partilha e conhecimento entre os representantes de mais de 30 cidades que em 13 países organizam o Festival. O encontro anual, interrompido dois anos devido à pandemia, é o espaço onde se preparam os intercâmbios artísticos, se definem estratégias e onde se concretizam os valores humanísticos que José Saramago transmitiu ao Festival: respeito e apreciação da diversidade cultural, tolerância, beleza, diálogo intercultural, mobilidade dos artistas.

O grupo “Alentejanos de Serpa” foi o convidado para outro apontamento cultural, aberto à população. No último dia foram proporcionadas visitas a Zambujeira do Mar, Cabo Sardão e Vila Nova de Milfontes.

Odemira recebe o Festival 7 Sóis Sete 7 desde 1994, abrindo as suas portas à arte e à música do mundo mediterrânico e do mundo lusófono. Em setembro de 2022, a programação cultural do festival regressa ao concelho, no âmbito do evento Setembro Cultural.