Passar para o Conteúdo Principal
Hoje
Máx C
Mín C
siga-nos

Projeto cultural educativo envolve 2500 crianças nas artes performativas

20140321151937331648 1 1024 2500
21 Março 2014
“MIRAGEM!” é o novo Projeto Cultural Educativo para o Concelho de Odemira, que pretende aproximar cerca de 2.500 crianças do concelho ao mundo das artes performativas. Teatro de Objetos e Novo Circo, Dança e Música são os ingredientes da interação e de cinco espetáculos, que serão desenvolvidos e apresentados em escolas e na comunidade, entre os meses de março e novembro de 2014.
A criação e coordenação do programa é da responsabilidade da coreógrafa Madalena Victorino, com produção executiva de Teresa Miguel, numa iniciativa do Município de Odemira, em parceria com A SUL - Cooperativa de Pesquisa, Criação e Experimentação nas Artes Performativas.

Alunos das escolas dos Agrupamentos de Colos, Sabóia, S. Teotónio, Vila Nova de Milfontes e Odemira, com idades entre os 8 e os 12 anos, serão convidados a participar em espetáculos, expressamente preparados para estas idades, “que trazem novos horizontes, acordam a criatividade, convidam ao olhar, levam as crianças a falar, a dançar, a saber gostar de música, de dança, de teatro e a querer mais e mais espetáculos”.

Com a ajuda de um livro, “O Livro Escuro e Claro”, as crianças entrarão em contato com as artes do espetáculo, com o objetivo de lhes cultivar a curiosidade e o gosto por ver, compreender e questionar o que observam, num percurso de descobertas e revelações, sendo-lhes oferecido um conjunto de “miragens” que acontecem realmente e que têm a forma de espetáculos, que surgem inesperadamente perante os seus olhos. “MIRAGEM!” pretende ser espaço de aprendizagem e crescimento, em diálogo e cumplicidade com a escola, os seus docentes e alunos.

Espetáculos:
PHOTOMATON (Parte de uma enorme mala de onde vão saindo objetos, sons e histórias que nem sempre precisam de palavras; criação e interpretação: Fernando Mota)
COMO PEDRAS FORA DO CHÃO (Este espetáculo é sobre a agitação de meninos e o desassossego de homens, sobre o momento em que deixamos de nos tentar endireitar; Criação e interpretação: Pedro Salvador e Ricardo Machado)
POUCA TERRA (Do jazz à bossa nova, do reggae aos sons balcânicos, Pouca Terra propõe uma miragem de sons por um Atlas Musical como uma viagem de comboio sem sair do lugar… Acordeão: Nuno Salvado, percussão: Tó Mandala, trompete: Remi Gallet)
PEDRA-PÃO (Retrata o contexto da crise económica atual revelando três personagens que exploram o avesso dos móveis usados, procurando construir sobre as suas ruinas, universos novos de habitar; Direção: Patrick Murys, interpretação: Inês Oliveira, Mafalda Saloio e Patrick Murys)
ÚLTIMA MIRAGEM (Laboratórios de construção de mini-espetáculos em que as crianças apresentam a sua própria MIRAGEM).