Passar para o Conteúdo Principal
Hoje
Máx C
Mín C
siga-nos

Brisas do Atlântico

BRISAS DO ATLÂNTICO
Um percurso, uma corrida, uma preocupação, um convívio, uma missão.

Evento multidisciplinar, que envolve as modalidades de Atletismo, Desporto Adaptado, Pedestrianismo, Patinagem, Cicloturismo e BTT, entre Almograve e Zambujeira do Mar, no litoral odemirense, promovido pelo Município de Odemira e pelo Núcleo Desportivo e Cultural de Odemira.

Todos os anos, o 10 de Junho ganha novo sentido no dia de Portugal, de Camões e das Comunidades. Cerca de mil participantes defendem uma causa social, para um país mais justo e mais desportivo. A grande missão das “Brisas do Atlântico” é contribuir para um desporto melhor e mais equilibrado. Defende-se a verdade desportiva, a inclusão social, os direitos humanos e o desporto enquanto prática social imprescindível para o bom desenvolvimento humano.

O evento desenrola-se nas vertentes lazer e competição e é aberto a todos os atletas federados ou não, de ambos os sexos, podendo nela participar em representação de associações, clubes, instituições particulares de solidariedade social, entidades públicas, empresas e restante população a título individual ou coletivo.

 
Depois de dois anos de interregno o litoral do concelho de Odemira voltou a receber, no dia 10 de junho, as “Brisas do Atlântico”, um evento desportivo multidisciplinar, entre Almograve e Zambujeira do Mar, que mobilizou mais de 1000 participantes, nas modalidades cicloturismo, BTT, orientação e pedestrianismo, na vertente de lazer, e as modalidades de run & bike e atletismo (individual, estafetas e desporto adaptado), na vertente competitiva. Um dia diferente onde o desporto abraçou a causa da inclusão social e fomentou o convívio.

Na edição de 2022, as Brisas tiveram como causa social contribuir para projetos que promovam a inclusão social e os direitos humanos pela prática desportiva. O valor das inscrições reverte, de forma equitativa, para as associações e instituições do concelho que se inscreveram e que foram votadas pelos participantes. A Associação de Paralisia Cerebral de Odemira recebeu a maioria dos votos com o projeto “Canoagem adaptada no Rio Mira”; em segundo ficou a Cautchú – Associação de Promoção e Desenvolvimento de Desporto com o projeto “Cautchú Babyhand", em terceiro lugar ficou a Associação Nossa Senhora do Mar com o projeto “Da Zambujeira com Amor”.

Resultados Brisas do Atlântico - Verente Competição

Resultados Oribrisas - Classificações finais + Splits